sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Distribuição se passadores - Saiba como montar ou escolher a sua vara de pesca sem erros.



É muito rotineira a pergunta. “Quantos passadores devo utilizar para montar determinada vara?” Respondo. Quantos forem necessários. Seguir uma tabela como a da Fuji ou planilha de cálculo não vai resultar em uma montagem satisfatória, cada blank tem uma ação diferenciada e as necessidades de cada um deles são únicas. As tabelas e planilhas servem apenas como um referencial, ajudando na distribuição, mas devem ser seguidas.

Alguns fatores que devemos ter em mente antes de começar a montar são:

1 – Molinete ou carretilha?
2 – Tipo de passador.
3 – Em carretilhas a linha não pode encostar no blank ao se curvar.
4 – Para molinetes a linha não pode criar ângulos exagerados.
                
Após analisar esses fatores e tê-los em mente comece a montagem.

Cole a ponteira e fixando o Reel Seat o Reel Seat (Fixador). Prenda o molinete ou carretilha no Reel Seat. Amarre a linha na ponteira. Vá montando passador a passador com distâncias crescentes e passando a linha por dentro deles, a cada passador, teste envergando o blank para o lado de uso. Assim você garante que a montagem vai sair adequada para o seu caso.

Normalmente os kits são vendidos de acordo a necessidade do blank, mas nem sempre é o correto, avalie caso a caso respeitando a particularidade do blank.





Exemplo de certo e errado na hora da curvatura do blank. 


Exemplo do ângulo formado e o atrito excessivo gerado quando montado de forma errada.







Exemplo de um mau dimensionamento.



Um dimensionamento perfeito.

Uma montagem mal dimensionada pode causar perda de desempenho além da quebra do blank por não estar sendo usado de forma gradativa, tento pontos forçados por causa dos ângulos excessivos. Caso você seja um pescador e não customizador ou curioso no assunto, observe esses fatores ao escolher sua vara de pesca antes de comprar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário